Tarde demais

– Você por aqui! – Quanto tempo! – Como tem passado? – Muito bem. Casei-me, sabia? – Sim, soube no dia do seu casamento. É feliz? – Sou, mas tenho saudade de nós. Não devia, sei que não devia, contudo sinto assim mesmo. – Não posso dizer que não devia,…

Leia mais…

13 anos

Isso de ser uma menina com 13 anos de idade é trabalhoso! Ainda não tive a primeira menstruação e minha mãe está tão ansiosa quanto eu, até um pouquinho mais. No outro dia, comprou-me um sutiã, meu primeiro sutiã. Meus pais irmãos tios tias avós comemoraram. Mudaram o jeito de…

Leia mais…

Madrugada

Este lugar é apertado! Mal consigo me mexer. Dá para bater nas paredes laterais e na de cima. O som é de madeira. Estou vestido com meias sapatos cueca calça cinto camisa abotoaduras gravata colete e paletó. Poucas vezes na vida me vesti com tanta roupa, nem nos dias mais…

Leia mais…

Surfistas

Esta história aconteceu no início de noite de um dia de verão. Em uma praia à beira-mar onde o mar tem ondas altas que os surfistas gostam. Dois surfistas na areia ao lado das pranchas olhavam o pôr do sol. – Olha lá! Olha lá! – Olhar o quê? Onde?…

Leia mais…

Os dias não são nunca iguais

Chegou em casa, tomou banho, comeu o jantar, leu o jornal, viu o noticiário no televisor, escutou o programa de música clássica nas ondas curtas do rádio a pilhas, escovou os dentes, vestiu o pijama, deitou-se, dormiu, sonhou, acordou, levantou-se, tirou o pijama, tomou banho, vestiu a roupa de trabalho,…

Leia mais…

Educação

– Quer dizer que você nunca fala palavrões? – intrigado. – Sim – este não fala palavrões. – O que você exclama, se chuta um obstáculo com o pé descalço e machuca o dedão? – Ai, machuquei o dedão do pé. Se tomasse mais cuidado ao andar, evitaria acidentes. –…

Leia mais…

Os chamados

Três vezes bateu na porta da casa. Três vezes chamou: – João! – João! – João! Três vezes de dentro da casa ouviu a voz de uma pessoa invisível: – Não está o João. – Não está o João. – Não está o João. Três vezes repetiu o chamado em…

Leia mais…

No elevador

No centro do elevador. Com os braços estendidos tinha mais de um palmo de distância entre suas mãos e as paredes de aço escovado brilhante. Fechou os olhos e sentiu o contato com as paredes frias dos dois lados nas pontas dos dedos das duas mãos. Até hoje não sabe…

Leia mais…

O torcedor

Jogou e torceu e torceu e jogou para todos os times no campeonato de futebol. Também foi bandeirinha comentarista juiz narrador operador de câmera e técnico em todos os jogos. Gostou das vitórias e desgostou das derrotas. Recebeu a taça, ergueu-a e deu a volta olímpica, enquanto aplaudia e vaiava.…

Leia mais…